(85) 98101-0712

Whatsapp

Comparar listagens

Como Informar O Registro De Bens Imóveis No IR 2018? Siga Passo a Passo

Como Informar O Registro De Bens Imóveis No IR 2018? Siga Passo a Passo

A temporada de declaração do Imposto de Renda 2018, que teve início nesse mês, já processou mais de 4 milhões de declarações entregues pelos contribuintes e outros 29 milhões ainda são aguardados pela Receita Federal até o dia 30 de abril.

Nessas primeiras semanas, uma das dúvidas mais comuns é referente à declaração de bens imóveis. “Apesar do programa estar cada vez mais simplificado, o contribuinte precisa ter cuidado para submeter corretamente as informações e evitar cair na milha fina”, ressalta o coordenador-técnico editorial da Sage Brasil, Valdir Amorim.

“Apenas em 2017, quase 800 mil pessoas caíram na malha fina do Fisco”, complementa o especialista. Para auxiliar os contribuintes a declarar corretamente os bens imóveis, a Sage criou um passo a passo. Confira:

1)Verifique se a versão do seu programa de Imposto de Renda é a 1.3. Se não for, atualize o software para essa versão.

2) Com o programa atualizado, selecione o código correspondente ao bem desejado na ficha “Bens e Direitos”.

3) Na coluna “Inscrição Municipal (IPTU)”, informe, em até 20 caracteres, o número do IPTU do seu imóvel.Se essa informação ultrapassar o espaço permitido, deixe o campo em branco e informe-o apenas em “Discriminação”.

Nesse mesmo espaço, inclua a espécie, o valor de aquisição de cada bem, assim como o nome e o CPF ou CNPJ do vendedor do imóvel. Uma novidade desse ano é a opção de informar a data em que o imóvel foi adquirido.

Além disso, o formulário também passou a pedir informações sobre a área total do imóvel,por unidade (m2 ou ha).

4) Em “Situação em 31/12/2017”, informe os valores correspondentes aos bens que constituem seu patrimônio naquela data.

5) Para os códigos 1, 2, 3 e 11 a 19, informe o nome do logradouro, número, complemento (bloco, apartamento, etc.), bairro ou distrito onde mora, UF, município, CEP e área total do imóvel.

Caso seu bem tenha sido registrado no Cartório de Registro de Imóveis, o programa habilitará a caixa “Matrícula do Imóvel” e “Nome do Cartório”.No caso dos códigos citados anteriormente (exceto os códigos 16 e 17), basta complementar com as informações pedidas.

Agora, se você respondeu “Não” em “Registrado no Cartório de Registro de Imóveis”, mas possui algum registro que possa identificar o bem, informe o número do registro do imóvel no Cartório de Títulos e Documentos e detalhe a operação no campo “Discriminação”.

Fonte: SEGS

Para receber mais dicas úteis e ficar sempre por dentro dos assuntos ligados à compra e venda de imóveis, assine nossa newsletter!

Gostou dessas dicas? Que tal compartilhar com seus amigos nas redes sociais? Poderá ser bem útil a eles também.

img

Triunfo Imóveis

Posts relacionados

SAIBA COMO DECLARAR A COMPRA DO SEU IMÓVEL NO IMPOSTO DE RENDA

Afinal, para que serve o imposto de renda? Até mesmo por ser algo comum na rotina de qualquer...

Continue lendo

Perspectivas para o mercado imobiliário em 2019

Este ano deve ser o ano da retomada do mercado imobiliário no Brasil. Recentes levantamentos do...

Continue lendo

Cohama

A Cohama CONHECENDO SEU NOVO BAIRRO A Cohama é localizado no Estado do Maranhão, tendo como...

Continue lendo

Participe da discussão

20 + 8 =